Gravadora usa a criatividade e defende Pabllo Vittar de forma lacradora na web

Quando a gente fala em marcar presença online e promover engajamento nas redes sociais, também inclui ter um bom relacionamento com o público. A empresa precisa saber lidar com situações de crise, sem perder a compostura. E foi exatamente isso que a gravadora Sony Music fez após a cantora Pabllo Vittar, fenômeno da internet e agora do Brasil, sofrer um ataque hacker em seu canal no Youtube.

O caso aconteceu na última segunda-feira (28). A conta da artista foi invadida por seguidores de um deputado – que não merece nem que eu cite o nome – e o clipe de “K.O” – com mais de 136 milhões de visualizações e que chegou a ser a segunda faixa mais tocada do país no Spotify – foi apagado. Porém, no mesmo dia, a cantora já havia recuperado a conta e o vídeo. Depois disso, ela se manifestou sobre o crime cibernético em seu perfil no Twitter e escreveu: “Me aceita.” Em outras postagens, a cantora disse: “Podem apagar o clipe, mas, o sucesso, jamais vão conseguir apagar, atura ou surta. Uma sociedade machista e homofóbica que não respeita a diversidade. Que Deus nos proteja sempre!”

A gravadora também divulgou uma nota oficial no Facebook sobre a invasão dos hackers usando a hashtag #todosComPablloVittar. No entanto, a publicação foi alvo de vários comentários transfóbicos contra a cantora. Claro, por sua vez, a Sony Music rebateu  e, de forma muito criativa e educada, conquistando ainda mais os fãs da artista pop, usou várias fotos em formatos de memes de Pabllo Vittar para responder aos comentários preconceituosos.

 

 

“Ressaltamos que invasões virtuais como essa são consideradas crime, assim como a discriminação demonstrada nos atos do(s) hacker(s), que não será tolerada em espaços digitais destinados à arte e liberdade de expressão.

Sony Music

 

 

Post da gravadora Sony Music. Reprodução do Facebook
Post da gravadora Sony Music. Reprodução do Facebook

 

A atuação da gravadora em relação aos comentários à cantora é um exemplo de como administrar bem as redes sociais. A Sony Music soube muito bem como lidar com críticas negativas.

Mas, e se isso acontecer com a minha empresa ou com algum cliente? O que fazer? Você deve estar se perguntado isso, certo? Veja, a seguir, 4 dicas sobre como agir nessas horas:

 

1 – Pense antes de agir

Quando você ou sua empresa forem vítimas de comentários desagradáveis nas redes sociais, não se desespere. Pense antes de agir, principalmente se estiver exaltado. Quando estamos nervosos, corremos o risco de ser impulsivos e responder de maneira grosseira e, com isso, perder a razão. Lembre-se que seu nome e sua marca estão em jogo. Portanto, não corra o risco de virar piada na internet.

 

2 – Agradeça

Se a crítica for em relação a um produto que o cliente comprou e não gostou, por exemplo, agradeça a ele. Neste caso, o comentário pode te ajudar a melhorar o seu serviço. Apenas pedir desculpas não é a melhor saída. Demonstre gratidão por isso para tentar conquistar a confiança dele e a de outras pessoas.

 

3 – Sempre responda

Jamais deixe de responder alguém nas redes sociais, mesmo que o comentário seja negativo. Se não puder resolver o problema do cliente, tente se relacionar com ele e mostrar que a crítica foi importantíssima para melhorar o trabalho da sua empresa.

 

4 – Não apague um comentário negativo

Deletar uma crítica negativa pode te fazer perder clientes. Isso porque esconder um problema, neste caso, o comentário, você invalida a opinião de uma pessoa. Não saber “ouvir” é péssimo e pode fazer com que outras pessoas tenham desinteresse em manter um relacionamento/engajamento com você ou com sua marca.

 

Agora você já sabe algumas dicas de como lidar com o público quando receber uma crítica negativa. Lembre-se: mantenha a calma, sempre. Pense para depois agir. Não se deixe levar pelas ações impulsivas. Aproveite e compartilhe esse post nas suas redes sociais para que outras pessoas também aprendam a se sair bem em situações como essa.

 

Sobre a autora:

Daniela de Paula    Daniela de Paula é jornalista, social media e especialista em Marketing de Conteúdo, apaixonada pela natureza, por bichos,decoração e tudo que envolve a filosofia do “faça você mesmo”.
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *